sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Pelo caminho fora!!

Lá vai a cavaleira pelo campo da vida
No seu lindo e único cavalo branco
Com seu chapéu na cabeça
Sentindo a liberdade.

O vento passa pelas crinas,
Fazendo as levantar,
Pelo campo, vão os dois a galopar.


A amizade não terá fim,
A beleza e o amor,
Ninguém monta um cavalo assim.

Pela estrada ou pelo campo,
Pela mata,
Por onde passar,
Deixará uma marca
Esta será a paz.


No seu galopar,
Sente-se livre,
Selvagem e
Outras surpresas,
Pois descobrirão
Que tanto o cavalo como a cavaleira

Mostram alegria.

Os movimentos, os seus passos,
Sejam eles na noite escura da dor
Ou um dia claro de Sol,

Galopar sem parar,
Sem olhar para trás,
No seu cavalo branco
Foi a natureza
Que os fez seguir os seus objetivos.


Foi inventado por mim.
Espero que gostem...

3 comentários: