sexta-feira, 4 de março de 2011

Curiosidades (part. 2)


  • Os cavalos têm dois ângulos de visão “mortos”. Um localizado directamente à frente e outro directamente atrás.
  • As crias dos cavalos conseguem sustentar-se nas patas após uma ou duas horas do nascimento.
  • Os cavalos não conseguem respirar pela boca.
  • Os cavalos estão “desenhados” para galopar e não para saltar. No estado natural, os cavalos tendem a contornar os obstáculos.
  • Os olhos dos cavalos estão entre os maiores dos mamíferos terrestres.
  • Os cavalos dormem a maior parte do tempo em pé. Estes animais têm um mecanismo nas pernas (tendões e ligamentos) que os permite estar a em pé sem utilizarem os músculos. Para entrar em fases mais profundas do sono, os cavalos têm de se deitar.
  • Para os cavalos é mais confortável estar de pé do que deitados, isto porque quando estão deitados fazem pressão sobre os órgãos internos.
  • As apresentações entre os cavalos fazem-se nariz-com-nariz.
  • Os cavalos comunicam através de sons e também expressões faciais, utilizando as narinas, as orelhas e os olhos.
  • Os cavalos são extremamente sensíveis ao movimento. Por isso é que se encontram nervosos nos dias ventosos, para eles tudo está em constante movimento.
  • Os cavalos têm uma excelente audição e conseguem virar as orelhas em 180 graus para melhor captar os sons.
  • Os cavalos conseguem sentir uma mosca a posar na sua pele e usam os músculos que têm por todo o corpo para as espantar.

Sem comentários:

Enviar um comentário