segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Como pegar nas rédeas




Uma ''boa mão'' é um dos segredos da equitação e quer dizer que o cavaleiro é capaz de manter, através das rédeas, um contacto constante e suave com a boca do cavalo.

Para isso os polegares têm que se manter virados para cima e os nós dos restantes dedos virados uns para os outros. Nesta posição as rédeas vindas da boca do cavalo entram nas mãos por baixo dos dedos mínimos ou entre estes e os anelares sobem no interior dos restantes, saindo por cima dos indicadores, contra os quais são apertadas pela força dos polegares, atuando como poderosas alavancas fixadoras. São os restantes dedos que apertando-se ou afrouxando-se mais ou menos (como que espremendo as rédeas) asseguram a indispensável elasticidade do contacto entre a mão e a boca. A ponta restante da rédea, onde normalmente existe um cosido ou uma pequena fivela, cai normalmente para a direita junto à tábua do pescoço do cavalo.

Sem comentários:

Enviar um comentário