sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Raças (Pónei de Sela Alemão)

Este equino (altura: 138 a 148 cm) deve a sua existência ao contributo de inúmeras raças de póneis. Em comparação com a Inglaterra e os Estados Unidos, países onde os póneis de sela são desde há muito apreciados, só há praticamente 30 anos é que estes espécimes começaram a ser criados na Europa continental. Para combinar a estatura e as boas qualidades características dos póneis com um exterior mais nobre e mais elegante e simultaneamente obter um cavalo de desporto versátil para os jovens, procedeu-se ao cruzamento de póneis com cavalos grandes.

Hoje, existe realmente um objetivo de criar uma raça uniforme, mas cada região opta por uma das ''misturas'' possíveis, de forma que o aspeto exterior permanece ainda muito heterogéneo. De entre as raças antigas e robustas das quais descende a maioria dos Póneis de Sela Alemão constam os póneis Galês, New Forest ou Connemara (Ver raça). Para fins de melhoramento da raça, são utilizados sobretudo os Puros-Sangues Árabes e Anglo-Árabes (Ver raça) e, esporadicamente, os sangues-quentes (como, por exemplo, o Trakehner).

As raças não permitidas são o Haflinger, o Islandês, o Fjord e o pónei Shetland. O pónei de Sela Alemão é uma excelente montada para crianças e ideal como cavalo de desporto e de torneio equestre para jovens. É um animal despretensioso, de caráter bondoso, prestável, trabalhador, corajoso e de temperamento equilibrado. Este ''nobre pónei'' presta-se igualmente à modalidade de saltos e à dressage ou ao desporto com atrelados e possui um passo longo, amplo, como o dos cavalos grandes. Na Alemanha, tornou-se, entretanto, na sua segunda raça de póneis preferida, a seguir ao Haflinger. 

Sem comentários:

Enviar um comentário